HTs e Rádios

No dia último dia 21, o SINDSERV protocolou ofício (085/2017) na SSU, o qual tem como fim solicitar o atendimento das normas relativas à saúde e segurança do trabalho dos servidores da GCM.

Solicitação dos servidores
O Sindicato recebeu uma reclamação, por meios oficiais, onde trata do não funcionamento dos HTs e Rádios das viaturas em consequência do mal funcionamento da repetidora, os referidos dispositivos são essenciais para o bom desempenho de suas atividades, já que, esse equipamento é essencial para a comunicação entre as viaturas e a Central, sendo assim, os funcionários estão com precária condição de trabalho.

As normas e os encaminhamentos
De acordo com a Norma Regulamentadora 06, onde trata de Equipamento de Proteção Individual, consta no item 6.1.1:


Entende-se como Equipamento Conjugado de Proteção Individual, todo aquele composto por vários dispositivos, que o fabricante tenha associado contra um ou mais riscos que possam ocorrer simultaneamente e que sejam suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.


Em tempo foi citado, também, que as Normas Regulamentadoras relativas à Segurança e Saúde do Trabalho são de observância obrigatória pelas empresas privadas e públicas e pelos órgãos públicos da administração direta e indireta, bem como pelos órgãos dos Poderes Legislativos e Judiciário, que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis de Trabalho – CLT.
Diante do exposto, o Sindicato explicitou que a solicitação tem caráter de urgência e, caso não sejam tomadas providências cabíveis, será encaminhada denúncia aos órgãos fiscalizadores competentes.

Resposta da GCM
O Comandante da GCM, em resposta através de ofício 163/SSU.1/2017, indicou que irá cientificar o Gerente de Orçamento e o Gerente do CIM da SSU, e que para além disso, estão providenciando e solucionando o problema.

Pesquise