Vitória judicial em segunda instância reforça luta contra as terceirizações

Processo de privatização da Saúde deve ser interrompido. Sindicato exige concurso público!

concurso é o remédioOs trabalhadores do serviço público e a população de São Bernardo obtiveram uma grande vitória na Justiça: a ação do SINDSERV, que pede o fim da privatização da Saúde na cidade foi deferida!

Tramitando desde 2013, a ação judicial afirma que o número de trabalhadores terceirizados na Saúde ultrapassa os limites legais e pede para que o Poder Judiciário determine que a Administração promova concursos públicos para a contratação dos trabalhadores. Uma decisão favorável já havia sido dada no Tribunal de primeira instância. A Administração recorreu e foi derrotada, novamente, em segunda instância. Ainda cabem recursos.

Vitória põe freio na terceirização em outros setores

Um fator fundamental no resultado dessa ação é que ela pode significar a contenção da sanha privatista do governo municipal. Com a aprovação da Lei das Terceirizações e da "reforma" Trabalhista, corremos o risco de uma terceirização desenfreada em todas as secretarias. Quando a Justiça concorda que já há abuso na cidade, impõe limites aos desejos dos tubarões das privatizações.

Luta é contra terceirização, não contra os trabalhadores!

Uma coisa precisa ficar clara: nossa luta é em defesa do serviço público de qualidade, contra os tubarões de empresas e de ONGs, jamais contra os trabalhadores contratados por estas terceirizadas!

Pesquise