SINDSERV volta à Câmara nesta quarta-feira, em defesa da Educação

atoSindicato une-se à comunidade, em especial às mães de deficientes, e avisa: não vamos deixar o governo esquecer nossa luta

Depois do grande ato em Defesa da Educação, realizado no dia 15, nesta quarta-feira, 22, trabalhadores públicos e munícipes retornam à Câmara para manter firme o propósito de levantar as bandeiras de reivindicações que visam garantir os direitos do povo. Desta vez, o Sindicato estará no apoio às mães de crianças deficientes e contra o projeto "mães especiais", que substitui profissionais qualificados no atendimento aos estudantes por mães que, por mais que se dediquem física e emocionalmente, não possuem as técnicas necessárias para o desenvolvimento pedagógico.

Na pauta, também, a luta contra o corte de investimentos na Educação (a exemplo do governo federal, a prefeitura cortou 10% do que chama de "despesas" em todos os setores), pela readequação da jornada de trabalho dos auxiliares em educação, pela retomada imediata da Mesa Permanente de Negociações e em defesa dos auxiliares de limpeza, que estão sendo massacrados pelas terceirizações e pelo arrocho salarial (clique aqui para ler mais sobre esse caso).

Pesquise