Doença profissional pauta luta pelas 30 horas para Auxiliares em Educação

Pesquisas realizadas pela Comissão apontam necessidade de levantamento sobre a incidência de casos de doenças profissionais entre os Auxiliares em Educação

30 horasNo último dia 15, a Comissão de Auxiliares em Educação esteve reunida para dar prosseguimento às discussões e estudos que irão embasar a luta pela jornada de 30 horas.

No encontro, foram apresentados os documentos recolhidos pela Comissão e apreciada a análise do processo de Santo André, feita pelo Departamento Jurídico do SINDSERV, que apontou a necessidade de um levantamento e um estudo sobre os motivos de adoecimento dos Auxiliares nos últimos cinco anos. Na grande maioria, o adoecimento é ocasionado por LER/DORT, doenças caracterizadas pelo desgaste da estrutura de músculo esquelético devido a lesões por esforço repetitivo e distúrbios osteomusculares. Este levantamento será orientado e acompanhado pelo Departamento Saúde e Segurança do Trabalho. "Vamos acompanhar de perto o estudo, realizando pesquisas, visitas, pareceres e laudos técnicos para garantir que todas as normas de segurança e boas condições de trabalho sejam contempladas em nossa luta", aponta Marlene Matias, Vice–Presidente do SINDSERV e responsável pela pasta.

Além disto, a Comissão ficou encarregada de estudar e avaliar outras importantes questões que possam fundamentar a necessidade da jornada de 30 horas para estes educadores e educadoras. "São muitos os fatores pedagógicos e administrativos que justificam a nossa solicitação. Precisamos construir este debate nas unidades escolares, trazendo a comunidade escolar para lutar ao nosso lado", destaca Luciana Rocha, Diretora de Formação e Comunicação do SINDSERV.

Foi apresentado, também, o processo de redução de jornada da cidade de São Caetano, que será analisado pelo Departamento Jurídico para emissão de parecer técnico para o próximo encontro da Comissão.

A sua participação é importante!

Encaminhe para a Comissão, documentos que comprovem a necessidade da redução de jornada: cópias de afastamentos, Comunicados de Acidente de Trabalho (CAT), atestados ou qualquer outra prova de adoecimento no exercício de sua função. Estas informações podem ser enviadas para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou entregues em mãos no Sindicato para a diretora Luciana.

É muito importante, também, que qualquer Auxiliar afastado por doença de trabalho, compareça ao Sindicato, munido de um relatório médico indicando as causas do adoecimento, para que seja realizado um CAT deste episódio.

Pesquise