Administração concede gratificação generosa a assessores

Na lógica do governo, "somos todos iguais, mas uns são mais iguais que os outros".

assessoresO Executivo enviou à Câmara Projeto de Lei que concede gratificações especiais a 75 assessores. A Gratificação Especial I, destinada a ocupantes do cargo de Assessor II, será de 21,19% sobre o salário referência do cargo. Já a Gratificação Especial II, destinada ao cargo de Assessor I, será de 61,06%. Ambas são de natureza remuneratória, integrada aos vencimentos para fins de senhoridade, 13º salário, férias, licenças-prêmio e quaisquer outros benefícios concedidos pelo Município.

O reajuste salarial concedido ao conjunto da categoria foi de menos de 3% e a reposição da inflação registrada entre 2016 e 2017 foi simplesmente ignorada! Isso representa uma perda salarial de mais de 8% em apenas um ano e quatro meses do novo governo. A reivindicação de nossa Campanha Salarial é de reajuste de 10,57%, sendo 7,79% de reposição da inflação entre março de 2016 e fevereiro de 2018, mais 2,78% de aumento real, baseado no crescimento da receita corrente líquida prevista no orçamento deste ano.

O SINDSERV continua insistindo na necessidade de retomada do diálogo com a Administração e de uma análise séria da justa pauta de reivindicações apresentada pela categoria: "Somos nós, trabalhadores públicos, os verdadeiros executores das políticas públicas e até mesmo das políticas dos governos que passam. Não desprezamos o trabalho de assessores ou técnicos contratados para funções específicas de governo, mas queremos que haja coerência e reconhecimento do trabalho do conjunto do funcionalismo para que a cidade possa funcionar", afirmou a presidente Marlene Matias.

Pesquise