Sindicato propõe minuta de Lei para criação do Regime Jurídico Único para todos

câmara dos vereadoresNa manhã desta terça-feira, 27, a diretoria do SINDSERV formalizou a apresentação de uma proposta de unificação do regime jurídico de contratação na cidade aos Poderes Executivo e Legislativo. Nela, a entidade propões que todos os trabalhadores sejam regidos pelo Estatuto do Funcionalismo, não mais pela CLT. Esta é uma antiga reivindicação da categoria, que teve uma importante vitória na última Sessão da Câmara, quando os GCMs tiveram este direito reconhecido.

"Se foi possível para os Guardas, é óbvio que deve ser possível para os demais cargos", defende a presidenta em exercício, Marlene Matias. Ainda são regidos pela CLT doze cargos: Ascensorista, Auxiliar Administrativo de Parques e Equipamentos Públicos, Auxiliar de Copa, Auxiliar de Limpeza, Auxiliar de Limpeza e Serviços Gerais, Auxiliar de Pista, Auxiliar Técnico Operacional, Operador de Microfilmagem, Operador de Equipamentos Esportivos e Culturais, Professor Substituto de Educação Básica, Professor Substituto de Educação Básica Especial e Telefonista.

paçoO documento foi entregue oficialmente à Administração, nos gabinetes do prefeito e do secretário de Governo, e à Câmara, em todos os gabinetes dos senhores vereadores.

GROSSERIAS DE QUEM DEVERIA DAR O EXEMPLO NÃO VÃO NOS INTIMIDAR

Lamentavelmente, ao invés de representar dignamente a cidade no parlamento e respeitar os direitos dos servidores, o presidente da Câmara tem sido bastante grosseiro em algumas declarações. Talvez, ele mesmo esteja precisando dar uma lida em sua "cartilha de etiqueta e boas maneiras".

Não adianta chorar! O SINDSERV vai continuar na batalha pelos direitos de todos os servidores e servidoras e, enquanto os que tentam implantar o Estado de Exceção em nosso país não destruírem definitivamente a Constituição Federal, que garante a representação sindical, vamos buscar o melhor para a categoria.

Por isso, participe dessa luta! Assine nosso abaixo-assinado pelo Regime Jurídico Único e venha com a gente exercer nosso direito democrático de pressão durante a Sessão da Câmara, nessa quarta-feira, a partir das 9h.

Pesquise