BASTA! EXIGIMOS NEGOCIAÇÃO, JÁ!

Em Assembleia, trabalhadores decidem intensificar ações nos setores e dialogar com a população sobre desrespeito da Administração

assembleia campanha salarialOs trabalhadores reunidos em Assembleia na sede do SINDSERV, durante a noite desta quarta-feira, 17 de maio, decidiram seguir proposta da direção e amplificar as mobilizações nos setores da Prefeitura e apresentar aos munícipes o que foi considerado "um verdadeiro desrespeito aos trabalhadores públicos da cidade" por parte da atual Administração.

VAMOS À LUTA!

Aos trabalhadores não resta outra alternativa que não seja lutar por NENHUM DIREITO A MENOS! Nossos salários estão defasados e a data-base, março, foi desrespeitada. Não podemos continuar esperando por um posicionamento concreto da Administração enquanto vemos nossos direitos sendo atacados por todos os lados, inclusive com as propostas de desmonte da Previdência e dos direitos trabalhistas, levadas a cabo pelo (des)governo Temer, que tem apoio do partido do atual prefeito.

Já dissemos e provamos com dados concretos que a cidade tem dinheiro suficiente para atender nossas reivindicações, que são responsáveis. A própria Administração tem divulgado, inclusive em horário nobre na TV, que economizou mais de R$100 milhões este ano. Se tem dinheiro para marketing na TV, em outdoors e jornais, tem que ter para valorizar os servidores!

O que foi aprovado:

Na próxima semana, será realizada uma mobilização intensiva nos setores, em todas as regiões da cidade, para fortalecer a Campanha Salarial e conscientizar os trabalhadores sobre a importância de participar ativamente das ações realizadas pelo Sindicato.

Na semana de 29 de maio a 2 de junho, a mobilização será feita através de atos na cidade, com distribuição de carta aberta à população,  com o objetivo de envolver a comunidade em nossa Campanha e solicitar seu apoio caso tenhamos que intensificar ou até ir à Greve. Também está prevista  a realização de nova Assembleia para esta semana, a ser convocada pelo SINDSERV. 

Uma comissão foi aprovada pela assembleia para acompanhar as ações e fortalecer as mobilizações nos setores.

A categoria também fez questão de, novamente, aprovar a sua adesão na luta contra as reformas da Previdência, Trabalhista e terceirização! Deste modo, fica evidente que a direção tem conduzido as lutas em total sintonia com a base, afinal aderimos à todas as lutas nacionais, como por exemplo, nos dias 15 de março e 28 de abril.

Na sexta-feira, dia 19, o SINDSERV divulgará o calendário completo dos atos e mobilizações.

Acompanhe todas as notícias no "Especial Campanha Salarial 2017", no nosso site, e baixe o APP do SINDSERV, que te avisa quando há notícias novas.

logo campanha salarialRELEMBRE O CAMINHO PERCORRIDO ATÉ AGORA

Depois de apresentar a pauta de reivindicações de nossa Campanha Salarial no final de fevereiro e ter se reunido com o prefeito no dia 2 de março, o SINDSERV só voltou a ser recebido pelos negociadores do Paço no dia 29, após pressão e encaminhamento de ofício. Esta primeira reunião da Mesa terminou sem proposta de acordo. Uma nova rodada de negociações só aconteceu no dia 6 de abril, quando a Administração apresentou uma contraproposta que foi rejeitada por unanimidade na Assembleia do dia seguinte. Desde então, apesar das cobranças do Sindicato e do desencadeamento de uma jornada de lutas, o governo municipal negou-se a retomar as negociações, caracterizando desrespeito às milhares de famílias de servidores que fazem esta cidade funcionar!

Pesquise